E-mail
Assine já!
Notícias Unisite

02/05/2011 - 08:27:28

Drogas e violência
Ninha Fresneda” solicita disponibilização de material didático sobre drogas e violência nas escolas
Vereador também solicita inclusão da educação ambiental em grade curricular

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA


Preocupado com a sgurança de crianças e adolescentes, o vereador Augusto Fresneda Torres, “Ninha Fresneda”, defende que seja disponibilizado aos alunos de todas as escolas da rede municipal e estadual, um material didático com temas sobre drogas, violência, mau uso da internet, entre outros assuntos. A solicitação foi feita ao prefeito de Tupã.

Além do material didático, o vereador “Ninha Fresneda” solicita que sejam ministradas palestras para debater o conteúdo da cartilha a fim de ensinar e prevenir os estudantes contra estes males.

“Ninha Fresneda” observa que a aplicação de palestras com este tipo de material servirá como ferramenta aos professores que, por muitas vezes, se veem reféns de situações adversas durante as aulas. A proposta do material é orientar os professores em como proceder diante da constatação de tais problemas. “Com a aplicação desse método aos alunos, estaremos contribuindo para evitar o surgimento de novos usuários de drogas e o aumento da violência, bem como em relação às devidas precauções quanto ao uso excessivo da internet, a fim de evitar que o jovem tornar-se refém da mesma”, explica.

Educação Ambiental

O vereador “Ninha Fresneda” também solicitou ao prefeito a inclusão do tema educação ambiental na disciplina de ciências, na grade curricular da rede pública de ensino no município. “A importância desta propositura é evidentemente informar e desenvolver o tema ambiental em todas as séries, adaptando-se o conteúdo de acordo com as diferentes faixas de idade”, diz.

Segundo o vereador, a educação ambiental já se tornou obrigatória por força da Lei Federal nº 9.795, de 27 de abril de 1.999. Um dos pilares está na proposta central da questão ambiental de que se a visão deve ser global, a ação deve ser local. “Isso justifica a importância da educação ambiental que traduz o plano local como o plano municipal, sendo a ação no plano municipal relevante para uma prática transformadora. Assim, a propositura, além de implementar a difusão dos preceitos gerais sobre assuntos ambientais, colocando-os como elementos centrais do currículo escolar da rede pública de ensino do município, ainda se apresenta como complemento a Lei 9.795 / 99 à ser adaptada na realidade local”, explica.